Gerenciando Mailboxes no Exchange Server 2013

Compartilhe:

Neste Tutorial vamos mostrar como gerenciar mailboxes utilizando o Exchange Management Shell no Exchange Server 2013 RTM, a idéia é criar um tutorial definitivo para ajudar o administrador nos mais diferentes tipos de cenário.

Solução


O processo de criação de mailboxes no Exchange Server 2013 é idêntico as versões anteriores, este Tutorial vai mostrar cada ponto da administração nas próximas seções.

Criando uma nova mailbox..

A criação é feita através do New-Mailbox e um exemplo onde o administrador precisa entrar com a senha no prompt é mostrado abaixo.

Se o administrador estiver criando várias mailboxes na mesma sessão ou ainda usando um arquivo CSV para criação, podemos estar usando uma variável para armazenar a senha padrão e isto é fácil de fazer utilizando os seguinte cmdlet, lembrando que na variável vamos colocar somente a senha então o nome do usuário do prompt pode ser qualquer coisa.

O processo final pode ser visto na figura abaixo, onde podemos perceber que a mensagem de aviso não é mais mostrada e a conta é criada sem pedir nenhuma credencial, porque está usando a variável que criamos.

Criando diversas mailboxes utilizando um CSV…

Um desejo muito comum dos administradores é criar vários usuários de uma vez só, e com o Exchange Management Shell é muito fácil. Digamos que alguns dos astros do maior clube tricolor gaúcho do mundo (caso você ainda não saiba, estou falando do Grêmio!) querem ter uma conta no seu novo Exchange Server 2013 RTM, você como administrador precisa efetuar os seguintes passos.

Primeiro, crie um arquivo csv chamado NewUsers.csv com apenas duas colunas, na primeira linha coloque os nomes das colunas (em nosso Tutorial nós colocamos Nome,UPN) e abaixo complete com o nome das pessoas que você deseja que sejam parte do processo de criação em massa.

Agora vem a parte mais fácil, precisamos importar o arquivo utilizando $vFile = Import-CSV <nome-do-arquivo> e depois rodar um comando para ler cada linha do arquivo e criar os usuários. Todo o processo (inclusive a criação do CSV é mostrado na figura abaixo), o que mostra que apenas com 5 (cinco) comandos podemos criar quantos usuários desejarmos.

Nota: aproveitamos e utilizamos o comando para a senha da seção anterior, caso você tenha aberto uma nova sessão você deve criar a variável com senha (vPassword) novamente.

Listando as mailboxes existentes e verificando as propriedades uma mailbox específica…

Um outro tema importante para o administrador é listar as mailboxes, e isto é simples de fazer e podemos utilizar Get-Mailbox e se quisermos saber detalhes de uma mailbox específica podemos utilizar o Get-Mailbox <Nome-da-Mailbox> | fl ambos os cmdlets são mostrados abaixo.

Uma outra dúvida que o administrador de correio geralmente tem é como eu posso fazer para filtrar determinado parâmetro. A resposta é simples mas pode ser feito de diversas maneiras, eu vou mostrar uma muito comum que é utilizando o Filter, digamos que o administrador quer saber somente os usuários que estão ocultos na Global Address List, então o comando seria este abaixo:

E se o seu chefe pediu um relatório? Sem problemas, somente precisamos adicionar | export-csv <nome-do-arquivo> e teremos toda a informação no arquivo CSV que pode ser aberto em um Excel da vida.

Alterando uma mailbox…

O processo para alterar uma mailbox é simples depois que aprendermos utilizar o Get-Mailbox porque é através deste cmdlet que podemos listar todos os atributos e sabendo o attributo o Set-Mailbox fica muito fácil.

No exemplo abaixo listamos somente o Nome e se a mailbox está oculta na Global Address List (atributo HiddenFromAddressListsEnabled) e depois fizemos a alteração e mostramos novamente.

Lembrando que Exchange Management Shell é flexível podemos usar a mesma linha de raciocíonio anteriores, seja via CSV ou ainda Filter, para trocar vários usuários ao mesmo tempo. Tudo depende da sua imaginação, tempo de testar e de preferência um bom laboratório! 

Removendo/Desabilitando uma mailbox

Segue a mesma linha de raciocínio anterior, os cmdlets são Remove-Mailbox (este cmdlet remove também o objeto do Active Directory, ou seja, a conta propriamente dita; e Disable-Mailbox (este cmdlet é mais político e só remove os atributos do Exchange, mas a conta no Active Directory permanece intacta).

O Remove-Mailbox em ação é mostrado na figura abaixo.

O Disable-Mailbox é mostrado na figura abaixo.

E para garantir, mostramos a conta intacta no Active Directory após a execução do Disable-Mailbox.

Conclusão


Neste Tutorial mostramos como um administrador de Exchange pode se virar no Exchange Management Shell utilizando o Exchange Server 2013.

Written by Anderson Patricio

Anderson Patricio

Anderson Patricio é MVP e MCSM (Solutions Master) em Exchange. Ele contribui com a Comunidade Microsoft em diversas áreas, tais como Artigos, Tutoriais, Vídeos, Blogs, Fórums, revisão de livros e apresentações para a comunidade Canadense e Brasileira.
Anderson posta regularmente aqui no AndersonPatricio.org, como também no AndersonPatricio.ca e MSExchange.org.
Você pode segui-lo no Twitter , Facebook , e/ou Google+.