PST Capture Tool – Fazendo procura de PST (PST Searches)

Compartilhe:

Neste Tutorial vamos mostrar como podemos gerenciar a procura de PST em máquinas que já possuem o agente do PST Capture instalado.

Tutoriais Relacionados:

Solução


O primeiro passo é abrir o PST Capture Console no servidor responsável pelo PST Capture Central Service, e como verificamos no Tutorial anterior podemos verifiar na guia Home todos as buscas de PST bem como as tarefas de importação efetuadas anteriormente. Neste Tutorial o nosso foco é fazer uma nova busca e para tanto vamos clicar em New PST Search.. ou ainda clicando em New.. e depois PST Search.

Na janela Step 1 of 4: Select the computers that you want to search for PST files vamos ter o domínio e abaixo temos computadores e demais classificações, no entanto o que importa é a cor do computador/servidor listado, se ele estiver em verde ele identifica que o agente já foi insalado e está comunicando, caso não esteja instalado ele vai aparecer em vermelho. Na coluna Agent Detected também podemos utilizar os números para identificar os agentes intalados. Vamos selecionar o compuador desejado e vamos clicar em Next. Nota: neste tutorial instalamos o Outlook em um Domain Controller no entanto isso não é uma boa prática e não deve existir em uma rede de produção.

Na página Step 2 of 4: Specify locations, aqui é onde definimos onde a procura de PSTs será feita como também localidades a serem ignoradas. Esta página dá muita flexibilidade para o administrador onde o mesmo pode até mesmo procurar em discos removíveis e excluir algumas pastas. Vamos deixar as os valores padrões e vamos clicar em Next.

Na página Step 3 of 4: Set up schedule. Aqui podemos definir para executar este processo de busca pelo agente em um horári pre-definido ou ainda rodar manualmente. Nota: se o computador estiver desligado a procura não será feita. Vamos deixar para rodar manualmente o que é a opção padão e vamos clicar em Next.

Na página Step 4 of 4: Summary. Vamos colocar um novo para a nossa procura e vamos clicar em Finish.

Agora uma nova guia com o nome da consulta que acabamos de criar será adicionada e na mesma podemos ter detalhes sobre a procura que acabamos de configurar, onde temos os agentes que foram selecionados, podemos agendar um horário e o status do processo.

Como configuramos manual temos que iniciar o processo clicando em Search All Now o que correponde a iniciar o processo de procura definido na guia em questão (ou seja, somente o computador MVDDC01) e com isto podemos ver os detalhes da procura em execução na console.

Após a procura ter sido feita pelo agente os resultados são enviados para o PST Capture Central Service e como estamos na console já podemos ver os resultados, como mostrado na figura abaixo. No resultado podemos verificar onde os PSTs foram encontrados, como também tamanho, computador, dono do arquivo, quando foi criado e quando foi modificado.

Fazendo a procura em servidores de arquivos..

Digamos que vários usuários tem o PST em um servidor de arquivos da empresa, uma forma fácil de fazer a procura é instalando o agente do PST Capture no servidor de arquivos em questão e durante a criação da procura como fizemos anteriormente, podemos estar especificando o diretório onde os usuários guardam os dados e consequentemente os PSTs, em nosso exemplo abaixo colocamos o diretório C:temp.

E mesmo sem o servidor em questão ter Outlook instalado a procura é feita com sucesso e os arquivos são identificados para futura Importação para o sistema de mensageria.

Conclusão


Neste Tutorial mostramos como fazer a procura de PSTs utilizando a ferramenta PST Capture Tool tanto em máquinas clientes como também em servidores de arquivos.

Written by Anderson Patricio

Anderson Patricio

Anderson Patricio é MVP e MCSM (Solutions Master) em Exchange. Ele contribui com a Comunidade Microsoft em diversas áreas, tais como Artigos, Tutoriais, Vídeos, Blogs, Fórums, revisão de livros e apresentações para a comunidade Canadense e Brasileira.
Anderson posta regularmente aqui no AndersonPatricio.org, como também no AndersonPatricio.ca e MSExchange.org.
Você pode segui-lo no Twitter , Facebook , e/ou Google+.