Transição do Exchange 2000/2003 para o Exchange Server 2007 – Parte I

Compartilhe:


Transição do Exchange 2000/2003 para o Exchange Server 2007 – Parte I

Por Anderson Patricio

O Exchange Server 2007 como todas as outras versões do Exchange possui uma forma segura e fácil de transição da versão legada para a atual. Nesta série de artigos sobre a migração de uma organização com Exchange 2000/2003 para o Exchange Server 2007 iremos abordar os passos necessários e cuidados que devemos ter em todo o processo. Independente o do passo em que estejamos da migração é sempre importante termos o backup de todo o ambiente, conhecimento do mesmo e um bom planejamento do que deve ser feito no período da migração.

Visão Geral

O processo de upgrade é complexo e se não for bem planejado pode trazer danos a infra-estrutura existente, neste tutorial vamos colocar os pontos macros para fazermos o upgrade de um ambiente que possui Exchange Server 2000/2003 para Exchange Server 2007, devemos levar em conta neste tipo de processo as peculiaridades de cada ambiente.

Pontos macros que devemos ter conhecimento antes de migrarmos o ambiente:

  • Exchange Server 2007 roda somente em hardware 64 bits

  • Não existe upgrade in place de servidores

  • A arquitetura de funções é totalmente diferente das versões anteriores, temos que ir adicionando as funções gradualmente ao ambiente

  • A floresta e o domínio têm que ser preparadas para o Exchange Server 2007

  • Não existe migração quando existem Exchange 5.5 na organização Exchange é necessário removê-los antes de iniciarmos o processo

 

Estes pontos são os principais, quando entrarmos em cada função do Exchange Server 2007 iremos abordar tecnicamente cada detalhe que cerca a migração da função mencionada.

Processo de upgrade: Migração ou Transição?

A Microsoft define dois termos quando falamos de upgrade para o Exchange 2007:

  • Transição: é o cenário onde migramos uma organização Exchange existente para o Exchange 2007 e é o que faremos nesta série.

  • Migração: é quando migramos de um sistema de mensageria diferente para o Exchange Server 2007, ou ainda para uma nova organização Exchange Server 2007, a origem pode ser uma outra organização Exchange 2007/2003/2000, a característica principal é não manter as configurações da organização antiga basicamente somente os dados dos usuários. Com isto podemos definir que com o Lotus notes há uma migração e não uma transição.

 

A seguinte tabela mostra os cenários de transição e migrações possíveis no Exchange Server 2007:

 

Sistema de mensageria existente Upgrade in-place para o Exchange 2007 Transição para a organização uma Exchange 2007 Migração para o Exchange 2007 Exchange Server 5.5  Não suportado Não suportado Suportado se migrarmos para o Exchange 2003 ou Exchange 2000 e depois transição para o Exchange 2007 Exchange 2003  Não suportado Suportado Suportado Exchange 2000 Não suportado Suportado Suportado Organizações com Exchange 2003 e Exchange 2000 Não suportado Suportado Suportado Lotus Notes Não suportado Não suportado Suportado, utilizando ferramentas de interoperabilidade e migração.

 

As funções dos servidores na transição…

O Exchange Server 2007 possui cinco funções distintas: Edge Transport, Hub Transport, Mailbox, Client Access e Unified Messaging. Para fazermos a transição entre a organização Exchange 2000 e/ou 2003 atual para o Exchange Server 2007. Nesta série estaremos abordando a adição de todas as funções em uma organização Exchange 2003 existente.

Mas antes de entrarmos na adição do Edge Transport a organização existente, vamos ver a ordem onde as funções começam a entrar no processo de transição para o Exchange Server 2007, que é o nosso objetivo final

Edge Transport

Pode ser o primeiro a ser instalado na organização ele não afeta a organização atual porque pode ser instalado separadamente.

Hub Transport, Client Access e Mailbox Server

Estas função que necessariamente removem as funções dos servidores Front-end e Back-end do Exchange 2000/2003, a ordem para implementação destas funções é mostrado abaixo, lembrando que isto serve para quando estamos implementando as funções em máquinas diferentes, se for na mesma máquina não é necessário.

  1. Devemos instalar servidores Client Access no lugar de todos os servidores Front-end

  2. Devemos instalar o Hub Transport e configurar os conectores (envio e recebimento) para estabelecermos o fluxo de mensagens

  3. Devemos instalar o servidor com a função de Mailbox e iniciar o processo de movimentação de recursos (caixas de correio e Public Folders)

Esta sequência pode ser feita em todos os servidores de um mesmo site ou routing group

Unified Messaging

Esta é uma nova função que não era utilizada nas versões anteriores e portanto não existe interoperabilidade com o legado. O Unified Messaging combina mensagens de voz, fax em uma única base: a caixa de correio do usuário. Ele também nos permite acessar as informações via telefone, computador ou ainda dispositivo móvel.

Mas para o Unified Messaging funcionar corretamente precisamos das funções de Hub Transport e Mailbox Server instaladas. A caixa do usuário deve estar num Exchange Server 2007.

Em suma, o Unified Messaging deve ser a última função a ser utilizada após a transição para o Exchange Server 2007.

Conclusão


 

Começamos a série de transição de uma organização contendo Exchange 2000/2003 para o Exchange Server 2007, nosso objetivo é efetuarmos a migração o mais fácil e sem impactar o usuário final durante o período de transição. O escopo deste artigo introdutório sobre a transição foi definirmos o que devemos fazer e em qual ordem isto será executado, sempre observando a nova arquitetura do Exchange Server 2007.

 

Anderson Patricio
http://www.andersonpatricio.org

Written by Anderson Patricio

Anderson Patricio

Anderson Patricio é MVP e MCSM (Solutions Master) em Exchange. Ele contribui com a Comunidade Microsoft em diversas áreas, tais como Artigos, Tutoriais, Vídeos, Blogs, Fórums, revisão de livros e apresentações para a comunidade Canadense e Brasileira.
Anderson posta regularmente aqui no AndersonPatricio.org, como também no AndersonPatricio.ca e MSExchange.org.
Você pode segui-lo no Twitter , Facebook , e/ou Google+.